AMIGOS

terça-feira, 8 de setembro de 2009

'' REFORMA VELHICE ''

Ao fim de seis anos de luta com o Tribunal Trabalho, bem como com a empresa aonde fui vitima de um acidente de trabalho, vejo-me obrigado a tentar a reforma por invalidez, coisa que aos 54 anos de idade não queria que tivesse que acontecer, porque ainda, embora numa cadeira de rodas, vejo-me com força para fazer algo de util, só que não me deixam. Isto porque um casal de gente desumana teve a pouca vergonha de me despedir sem recurso ao subsidio de desemprego e nem sequer as promessas que o patrão da firma em causa me fez cumpriu até hoje, e vão 9 meses.

Usando a expressão de um amigo meu, que depois de 35 anos de trabalho, viu-se confrontado com uma reforma que mais parece uma esmola, eu pego no termo que ele usa, 'Reforma Velhice'.

Não sei o que me vai calhar, pois só para a semana que vem, mais propriamente dia 14, é que vou à junta médica para o efeito, mas pelas minhas contas, também vou ser mais um de aqueles muitos milhares de portugueses que só têm uma ninharia de euros, que nem sequer irá atingir o ordenado mínimo.

Comparado aos muitos galdérios e malandros deste país que recebem o 'rendimento mínimo', e que nas horas vagas fazem crimes e roubos ao que lhes aparece na frente, e quando são caçados, o juiz manda-os embora e vão ficando na mesma com o rendimento mínimo, o que me leva a gritar bem alto: 'Governo ladrão, pactua com o crime, pagando aos criminosos...'


politica,portugal,mghorta

2 comentários:

  1. Amigo mghorta,

    Realmente é triste assistirmos a uma situação dessas. Tanta gente que trabalhou toda uma vida e depois depara-se com uma reformada miserável.
    Nós, os mais novos que se encontram presentemente a trabalhar, desconhecemos se haveremos de ter reforma algum dia. Penso que não, mas pronto, lá vamos descontando o que temos para descontar...
    A minha luta do presente, no entanto, é outra. Quero arranjar um trabalho melhor. Lincenciei-me, tirei um curso profissional... e estou a bulir num sítio onde ganho mal e não tenho possibilidades de subir na carreira. Bem sei que nos dias de hoje o facto de ter trabalho já é uma sorte, mas mesmo assim não invalida que eu tenha as minhas aspirações... que são legítimas.
    Este Estado é uma treta e não é de admirar que eu cada vez mais me convenço que preciso de votar é nos partidos da direita. Falavam tão mal do Salazar, mas...
    Mas antes quero ver se abro uma conta PPR no meu banco...

    Um abraço e coragem!

    ResponderEliminar
  2. Amigo Hugo, na verdade é triste muitos dos portugueses ficarem em situações de desespero, porque até muitos que trabalharam uma vida inteira, e muitos que fizeram seus descontos, que 'tubarões' não declararam os valores à Segurança Social, isso ainda é mais dramático, é por essas e por outras, que muitos não conseguem lidar coma situação, e fazem loucuras.
    Os mais novos, assim como tu, hoje devem ter mais cuidado e tem conhecimentos mais que suficientes para não cair neste desespero, conto com isso, que tu irás te sair bem e um dia seres aquilo que tanto ambicionas, FORÇA AMIGO.
    Não sou saudosista ao ponto de querer de novo recuar ao regima salarazista, mas só queria a cada esquina um Salazar para colocar muitos destes corruptos de Portugal em ordem...

    Obrigado amigo, teus comentários são sempre acertados. :)

    ResponderEliminar

Obrigado pela vossa visita, vossos comentários são sempre bons para melhorar este espaço.
Voltem sempre.

Related Posts with Thumbnails