AMIGOS

quinta-feira, 7 de abril de 2011

'' ODISSEIA 6 ABRIL 2011 NAS URGÊNCIAS DOS HUC ''

Urgencias Pictures, Images and Photos


Para vos dar conta de um acontecimento que faz de um doente de mobilidade reduzida, assim como eu, paraplégico na unidade de Urgências dos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC), acontecido ontem.
Estou internado em continuados na Casa de Repouso da Sofia em Coimbra, para cura de uma frístia que foi consequência de uma intervenção plástica a uma ulcera, a qual correu da melhor forma nas Unidade Plástica em Celas Coimbra, pertença dos HUC.
Contraí uma infecção urinária de um estranho vírus resistente para o qual tinha que ser medicado via intervenoso e nas farmácias não havia o antibiótico devido senão nos HUC.
.
hospital Pictures, Images and Photos
.
Vou de urgência para a unidade do HUC, na qual levo recomendação da médica da Casa de Repouso que tinha uma consulta na Unidade de Plástica no dia 6 de Abril conforme descrita na carta de tratamentos a fazer, os mesmo que fazia na Sofia. Isto na segunda feira, penso que que seria logo na devida altura ter sido tratado a maneira como eu deveria ir àquela unidade sendo que não deveria ficar sem a consulta, dado à possibilidade de ser excluído do seguimento do tratamento que faço por intermédio da doutora Fernanda, a mesma que fez o enxerto na minha ulcera.
.



.

Ontem, dia 6 começam a fazer de manha as diligências para eu ser consultado, a médica de turno fez os possíveis para que isso fosse realizado, mas a informação da unidade diz que não se deslocariam às urgências, uma vez que é assim o protocolo que teria ter sido eu a me deslocar, por sua vez sou informado pela médica de turno do prosseguir das conversações, isto já no decorrer da tarde e que o médico responsável me veria informar do acontecido.

Nada disso ocorreu, a médica foi parca em desculpas, e compreendo uma vez que a decisão coube ao médico responsável de serviço de toda a unidade das Urgências, de tal forma que até me deram alta às 20 horas da noite com o fornecimento da medicação para seguir de novo para a unidade de continuados na Casa de Repouso da Sofia.

Uma vez que os serviços dos HUC são centralizados entre si, é de uma desorganização total deixar o doente sem uma consulta que era primordial para ele, nesse caso para mim, porque está em causa o seguimento da evolução do estado da frístia e de fazer ou não levantamentos para melhor cuidados higiénicos e físicos da própria pessoa, passo assim, como o fiz pessoalmente nas Urgências dos HUC um atestado de incompetência aos superiores que neste dia 6 de Abril 2011 estavam no serviço, mais uma vez o doente é um mero numero de faz de conta neste sistema podre em que a Saúde se encontra, é por isso que na verdade se vai aglomerando queixas sem solução, porque na verdade os de mobilidade reduzida são uma classe para abater e não ser tratada.

Assim foi um dia de cão, embora os tenha com melhor tratamento que os humanos que necessitam de algo.
.

.
P.S.
Sem falar nos tratamentos que deram durante estes três dias aos chamados normais, porque vi coisas que nem aos animais se fazem.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pela vossa visita, vossos comentários são sempre bons para melhorar este espaço.
Voltem sempre.

Related Posts with Thumbnails