AMIGOS

segunda-feira, 2 de maio de 2011

'' ACESSIBILIDADES PARA TODOS QUANDO? ''

.
SEGURANÇA SOCIAL ATENDE UTENTE NA RUA

Para Vítor Hugo Costa, Portugal está "muito atrasado no que respeita a acessibilidades, continuando a discriminar as pessoas com dificuldades motoras".




À Câmara de Cascais pediu uma casa camarária para a poder adaptar às suas limitações. Na actual casa, paga uma renda de 450 euros e não tem uma casa de banho adaptada, nem sequer consegue entrar no quarto do filho. A resposta da autarquia foi que o seu caso não era prioritário. Quando precisa de ir à Segurança Social de Cascais tem de esperar que uma funcionária saia e é na rua que trata dos assuntos pessoais, pois as escadas impedem a sua entrada.

Contactada pelo CM, a Segurança Social garante que o atendimento passará a ser feito na nova Loja do Cidadão de Cascais, estrutura que vai abrir em breve e garantirá o acesso a todos os cidadãos.

Já a Câmara de Cascais admite ao CM a recepção do pedido de ajuda de Vítor Hugo. Mariana Ribeiro Ferreira, vereadora da Acção Social, garante que a situação é acompanhada desde 2004. "Segundo informação do Serviço de Apoio Domiciliário a habitação onde reside hoje reúne as condições básicas de habitabilidade e acessibilidade", sublinha a responsável.


nacional/saude/seguranca-social-atende-vitor-na-rua

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pela vossa visita, vossos comentários são sempre bons para melhorar este espaço.
Voltem sempre.

Related Posts with Thumbnails