AMIGOS

sábado, 9 de julho de 2011

INJUSTIÇA NA SAÚDE

Lamentam-se tantas mortes, a ultima que mais se badala pelos cantos deste país, é da do Angélico, mas também já não se recorda da outra vítima mortal, nem sequer se fala do nome dela, bem como tantos outros que é o dia-a-dia da vivência humana.
Com oito anos, a IARA lutou contra a leucemia, mas viu o tratamento interrompido por falta de medicamentos.



IARA tinha um lindo sorriso e perdeu-o com a deliberação na saúde.
Perdeu a guerra para a qual não contribuiu.
Ninguém tem o direito de morrer nem escolher a forma de o fazer, quanto mais outros contribuírem para isso com a justificação de cortes de orçamento na saúde.

É INJUSTO E IMORAL O MODO COMO SE CORTA A VIDA PREMATURAMENTE A QUEM TENTA SORRIR



5 comentários:

  1. Saio daqui no mais absoluto silêncio! Não há palavras que descrevam tamanha dor.
    Abraços.

    Talvez essas pessoas encontrem PAZ após encerrarem a angústias dos dias sofridos neste mundo extremamente material.
    Hoje são etéreas e sorriem afetivamente para aqueles que verdadeiramente as amaram...

    ResponderEliminar
  2. Santo Deus!
    Como é isto possível, onde iremos parar?! deixar crianças morrer por falta de medicamentos.
    porque é que só fazem cortes nos bens essenciais, onde as vitimas são sempre as mesmas: os carenciados?!
    o mundo está cada vez mais injusto.
    nem sei que dizer. abraços e carinho.

    ResponderEliminar
  3. Eu não consigo acreditar nisso. Meu Deus que horror :/

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. De deus te abençoe minha amiga

    segue o teu caminho espiritual!

    ResponderEliminar
  5. Obrigado por vossos comentários, na verdade é dureza e a crueldade da realidade torna-nos frágeis bem como incapacitados para mudar o curso das coisas, sofre 'cidadão comum'.

    Voltem sempre.

    ResponderEliminar

Obrigado pela vossa visita, vossos comentários são sempre bons para melhorar este espaço.
Voltem sempre.

Related Posts with Thumbnails