AMIGOS

sexta-feira, 24 de junho de 2011

GASTA 400 EUROS EM CREMES

Tem doença rara e vive de ajudas

Nasceu com ictiose, uma perturbação genética e rara que torna a pele escamosa, sofreu várias mazelas a nível físico e, devido ao seu aspecto, não consegue arranjar emprego. Vera Beleza, 31 anos, residente em Matosinhos, está no desemprego há oito anos e só sobrevive com a ajuda de amigos.




"Já trabalhei como repositora e secretária num escritório, locais onde não estava em contacto directo com o público. É muito complicado arranjar emprego porque as pessoas olham-me de lado. Já basta ter este problema, quanto mais ter de enfrentar as pessoas", lamentou Vera Beleza.

A mulher sofre de ictiose lamelar, um dos tipos mais graves da doença. Na adolescência teve de amputar os dedos dos pés, porque com "a doença os dedos enrolaram e não conseguia andar". Tem de usar roupa 100% de algodão, doada por amigos, de forma a não irritar a pele. Gasta 400 euros por mês em cremes, essenciais para melhorar a qualidade de vida, mas só os pode comprar com a ajuda dos amigos. Com uma reforma por invalidez de 200 euros, está agora a angariar dinheiro para receber tratamento para a pele nas Termas de Monfortinho, em Castelo Branco.

Apesar das vicissitudes, Vera criou a Associação Portuguesa de Portadores de Ictiose e conseguiu que fosse aprovado um projecto-lei para comparticipar os cremes.



Tem doença rara e vive de ajudas

1 comentário:

  1. Estas situações são tão tristes. É pena que não se ajude mais as pessoas que precisam :(

    Beijinho

    ResponderEliminar

Obrigado pela vossa visita, vossos comentários são sempre bons para melhorar este espaço.
Voltem sempre.

Related Posts with Thumbnails